sábado, 25 de abril de 2009

O GATO


Com um lindo salto
Leve e seguro
O gato passa
Do chão ao muro
Logo mudando
De opinião
Passa de novo
Do muro ao chão
E pisa e passa
Cuidadoso, de mansinho
Pega e corre, silencioso
Atrás de um pobre passarinho
E logo pára
Como assombrado
Depois dispara
Pula de lado
Se num novelo
Fica enroscado
Ouriça o pêlo, mal-humorado
Um preguiçoso é o que ele é
E gosta muito de cafuné
(Vinicius de Moraes)

4 comentários:

Alice disse...

Eita, que você está cada vez melhor... e ainda tem poesia de quebra ;o)
Beijão,
Alice.

marcia disse...

Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! Que gatinho mais fofinho!

edilma disse...

Que gatinho charmoso, pois ele tem até laços e flores.
Beijos

Neneca Barbosa - Um ser humano em evolução! disse...

Estou adorando seu trabalho com cabaça.
Que bela descoberta! E o gatinho nem se fala, ficou fofo.
Beijos!